Chamada para servir

A marca da Igreja

“Igreja não é um movimento de massas, igreja é comunhão dos santos. Igreja é comunhão de gente que se ama, que quer ser igual a Jesus, que quer, como comunidade, ser igual à Trindade ao ponto de manifestar entre nós a mesma unidade que existe na Trindade; que reconhece que o Espírito Santo é quem nos comanda , e que o Espírito Santo comanda-nos, atribuindo-nos responsabilidades e dando-nos capacidades, e essas capacidades têm que ser usadas em benefício do próximo. Isso é que é uma comunhão. Agora, se essas marcas são visíveis, se é possível reconhecer isso numa instituição com um nome e endereço conhecidos, ou se isso é observado nas casas das pessoas; se isso está a acontecer nas aldeias, se isso está a acontecer de condomínio em condomínio, etc, não tem problema, desde que as marcas estejam presentes. Se essas marcas não estão presentes, então você pertence a qualquer outra coisa, mas não ao que o Novo Testamento designa como igreja.”

(Ariovaldo Ramos, Confeitaria Cristã, via Ab-integro, adapt. J. Lourenço)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: