O crescimento é um príncipio, não um fim

“Devemos crescer como crescem os lírios e como crescem os bebés, sem preocupação e sem ansiedades; crescer pelo poder de um princípio vital interior, que nada pode fazer senão crescer; devemos crescer porque vivemos; crescer porque Ele nos plantou, plantou algo que cresce, e fez-nos com o propósito de crescer.”

(Hannah Whitall Smith, O segredo de uma vida feliz, Belo Horizonte: Editora Betânia, Sexta Edição – 1979, p. 182, via Canto do Jo)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s