Chamada para servir

Com 1600 anos de antiguidade, o manuscrito foi encontrado no sopé do Monte Sinai, sendo considerado um dos maiores tesouros escritos e o único Novo Testamento completo.

Os recentes avanços tecnológicos permitiram a especialistas digitalizar na internet mais de 800 páginas e fragmentos da Bíblia mais antiga do mundo, chamada Codex Sinaiticus (Código Sinaítico).

O livro, que data do século IV depois de Cristo, foi escrito em grego por vários escribas em folhas de pergaminho, sendo depois encadernado em pele de vitelo. Ao longo dos séculos, o texto foi revisto e corrigido, de acordo com a Biblioteca Britânica.

A reunião na íntegra da Bíblia, que na sua versão original teria 1460 páginas, só foi possível após quatro anos de estreita colaboração entre a Biblioteca Britânica, a Biblioteca da Universidade de Leipzig, o Mosteiro de Santa Catarina (Monte Sinai, Egipto) e a Biblioteca Nacional da Rússia, em São Petersburgo.

Com 1600 anos de idade, o manuscrito foi encontrado no sopé do Monte Sinai, sendo considerado um dos maiores tesouros escritos e o único Novo Testamento completo.

Fonte: Ionline.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: