Uma Igreja que aprende

igr

Qual é a vocação da Igreja? Perante um mundo eclesial em confusão, convém entender que o compromisso com Cristo implica compromisso com a Sua Igreja, com a missão da Igreja e a sua reforma ou renovação permanente.

John Stott classifica um cristão sem igreja como sendo uma “anormalidade grotesca”. Tal coisa não existe no Novo Testamento, pois a Igreja está colocada no centro do propósito eterno de Deus.

Os discípulos aprendiam aos pés dos apóstolos. Podiam encher-se de soberba e achar que o Espírito Santo era o suficiente, mas não. Eram sábios. Sabiam que tinham que permanecer na “doutrina dos apóstolos”, e isso implicava aprender com eles o que eles tinham aprendido, por sua vez, com Jesus de Nazaré.

Uma igreja viva é uma igreja que aprende, e que é submissa à autoridade do ensino dos apóstolos. A primeira marca de uma igreja viva e autêntica é a fidelidade ao ensino dos apóstolos.

Sermão do Pr. Brissos esta manhã na Celebração de Ceia do Senhor na Igreja do Jubileu. Ouvir aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s