Chamada para servir

Livres

 

“Porque o que é chamado pelo Senhor, sendo servo, é liberto do Senhor; e da mesma maneira também o que é chamado sendo livre, servo é de Cristo.
Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens”
(1 Coríntios 7:22-23).

S. Paulo procura aqui tratar da posição cristã face à questão social da escravatura, sistema estabelecido na época.

A sua preocupação é relativizar a estratificação social em nome de um nivelamento da dignidade de cada indivíduo, em termos humanos, mas sobretudo espirituais. Nesse sentido faz notar que o escravo convertido ao Evangelho pode considerar-se livre porque Cristo o libertou. Mas também o que vem à fé sendo homem livre passa a tornar-se escravo (“servo”) de Cristo. Ou seja, a condição social passa assim a segundo plano, pois o cristão nunca é verdadeiramente livre, na medida em que reconhece a Jesus Cristo o seu senhorio.

Mas o apóstolo vai mais longe. Escravo ou homem livre, todo o cristão foi “comprado”. Ou seja, resgatado do domínio do pecado. E isso teve um alto custo. Nada menos do que o sangue do Cordeiro. E a pior coisa que poderia acontecer seria que, quem foi liberto pelo poder do Evangelho viesse agora meter-se debaixo de outro jugo. No caso, jugo de homens.

Ora, aqui está então o perigo ou o problema que preocupava Paulo. O que pode tornar os homens escravos quando já são livres? Um vício, uma dependência, uma adição, a adesão cega a uma ideia extremista ou a um líder carismático, um fanatismo qualquer, um encantamento, um fundamentalismo?

O facto de alguém se submeter a um outro senhorio qualquer que não o de Cristo, acaba por desvalorizar a Cruz onde se entregou por nós. E isso é a pior coisa que um cristão pode fazer, desprezar a Pessoa e a Obra do Salvador. É como matá-lo de novo.

Por isso é que o apóstolo insiste: “Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão” (Gálatas 5:1)

B. L.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: