Do aio ao Pai

aio

Esta manhã, na Jubileu, falou-se da Lei de Moisés como aio para conduzir os israelitas a Cristo. A lei, afinal, era apenas rudimentar, no dizer ao apóstolo Paulo, embora santa e boa. Mas a sua função era sobretudo a de conduzir à maturidade e ao Evangelho, que nos revela o Pai através de Jesus de Nazaré. Por sua vez, este reduziu toda a lei mosaica ao grande mandamento, o mandamento do amor.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s