Chamada para servir

A estória do pato

Esta é uma parábola do amor e do perdão de Deus.

Havia dois irmãos que nas suas férias foram visitar os seus avós à aldeia onde eles moravam.
Ao Filipe, tinham-lhe oferecido uma fisga para poder brincar no campo. Apesar de praticar imenso, ele muito raramente conseguia acertar nos alvos.
Uma tarde, vendo o pato de estimação da sua avó, num impulso pegou na sua fisga, fez pontaria ao alvo. Mas desta vez acabou por acertar o pato na cabeça causando-lhe a sua morte. Filipe ficou imensamente chocado e triste!
Entrou em pânico e escondeu o pato morto no meio de uma pilha de lenha que os avós tinham no quintal. Beatriz, a sua irmã viu tudo mas não contou nada aos avós.
Após o almoço no dia seguinte, a avó disse à neta, “Beatriz, vamos lavar a louça”. Mas ela respondeu: ” Avó, o Filipe disse-me que queria ser ele a ajudá-la na cozinha”. E olhando para ele sussurrou-lhe ao ouvido: “Lembras-te do pato?” Então o Filipe lavou os pratos.
Mais tarde o avõ perguntou aos netos se queriam ir à pesca com ele, mas a avó prontamente lhe lembrou: “Desculpa, mas eu preciso que a Beatriz me ajude hoje a fazer o jantar.”
Beatriz apenas sorriu e disse, “Está bem, mas o Filipe disse-me que queria ser ele a ajudar hoje”, e sussurrou novamente para ele, “Lembras-te do pato?”
Então a Beatriz foi pescar com o avô e Filipe ficou em casa a ajudar a avó.
Passaram-se vários dias. O Filipe acabava sempre fazendo o trabalho da Beatriz até que, não aguentando mais, confessou à avó que tinha sido ele que tinha matado o pato.
A avó amorosamente o abraçou e disse-lhe: “Querido, eu sei… eu estava à janela e vi tudo, mas porque eu te amo, eu perdoei-te. Eu só estava a ver quanto tempo tu irias deixar a Beatriz fazer de ti um escravo!”
Qualquer que seja o nosso passado, ou o que tenhamos feito, seja o que for, precisamos somente saber que Deus esteve sempre à janela e que viu tudo como aconteceu. Ele conhece toda a nossa a vida. Ele quer que nós saibamos que Ele nos ama e que já estamos perdoados. O Senhor está apenas querendo saber quanto tempo nós nos vamos deixando que o mal e o medo façam de nós seus escravos.
Deus está somente esperando que lhe peçamos perdão: Ele não só perdoa, mas Ele esquece. A cruz  devem-nos lembrar que todos os nossos pecados, sejam eles passados, presentes ou futuros estão já perdoados. Está consumado. É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos.
Sigamos em frente e façamos a diferença na vida de alguém que encontremos hoje. Mostremos graça e misericórdia aos que estão ao nosso lado porque essa é a vontade do nosso Pai amoroso.
“A vontade de Deus nunca nos irá levar aonde a Sua Graça não nos possa proteger.”
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: