Colónias do Reino

 

“No mundo os cristãos são uma colónia do verdadeiro lar’, diz Bonhoeffer. Talvez os cristãos devessem trabalhar com mais afinco para estabelecer colónias do reino que apontassem para o nosso verdadeiro lar. Com demasiada frequência, a igreja levanta um espelho reflectindo a sociedade que a cerca, em vez de uma janela revelando um caminho diferente. Se o mundo despreza uma pecadora notória, a igreja vai amá-la. Se o mundo nega ajuda ao pobre e ao sofredor, a igreja vai oferecer-lhe alimento e cura. Se o mundo oprime, a igreja vai levantar o oprimido. Se o mundo envergonha um pária social, a igreja vai proclamar o amor reconciliador de Deus. Se o mundo busca lucro e auto-satisfaçao, a igreja se dispõe ao sacrifício e serviço. Se o mundo se fende em facções, a igreja se junta em unidade. Se o mundo destrói seus inimigos, a igreja os ama. Essa, pelo menos, é a visão da igreja no Novo Testamento: uma colónia do céu num mundo hostil.”

Philip Yancey, Maravilhosa Graça, São Paulo: Vida, 2001, 106.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s