Pais segundo o coração de Deus

Um Pai comprometido

Na celebração desta manhã reflectiu-se sobre Deus como Pai celestial comprometido connosco, mas também o Filho e o Espírito Santo. Um discípulo sem compromisso com Deus, é como alguém que quer tomar o lugar de filho sem o ser de facto. “Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.” (1 João 3:1)

É um privilégio ser filho de Deus. “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome. Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” (João 1:12,13)

O pai do filho pródigo:

  1. amou o filho mesmo quando foi abandonado por ele (com Deus é igual).
  2. alegrou-se pelo seu regresso (com Deus é igual).
  3. honrou-o mesmo quando não merecia (com Deus é igual).

Concluiu-se com oração por todos os pais, junto do altar, e os filhos presentes vieram abraçar e beijar o seu pai. Os filhos entregaram uma lembrança aos pais e no final, à saída, partilhou-se um moscatel de honra.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s