Chamada para servir

As pedras dos fariseus

As pedras dos fariseus

Celebração abençoada, apesar do mau tempo, esta manhã na Jubileu, com sermão sobre o episódio da mulher apanhada em adultério. Os acusadores reconheceram o seu pecado, embora a contragosto, e pouco depois tentaram apedrejar Jesus, mas Ele esconde-se e evita que a religião da cruz se torne a religião da pedra sagrada. Não sabemos se ele se ocultou de forma sobrenatural ou se fugiu. Sabemos que evitou a lapidação. Como é próprio entre os homens é mais fácil odiar do que amar ou perdoar. Talvez por isso mesmo, sendo amor, Jesus define que não julga. O amor não julga.

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: